6 boas práticas para ter em sua operação logística

Qualquer empresa que busca sucesso e crescimento dentro do seu mercado sabe que organização é fundamental. Nesse sentido, a operação logística se mostra de suma importância para se ter a estruturação dos processos internos e uma gestão otimizada.

Um setor logístico bem alinhado garante bons resultados e pode transformar a dinâmica interna de uma empresa. Na hora de montar uma operação logística, planejamento e organização são essenciais, mas para ir além é preciso implementar uma série de boas práticas.

É pensando nisso que trouxemos algumas dicas para sua operação logística. Confira!

Conheça as boas práticas para uma operação logística

1. Organize e monitore o estoque

Possuir um estoque bem organizado é fundamental para uma boa operação logística. Aumenta a produtividade, reduz desperdícios e diminui os custos operacionais. Além disso, um estoque otimizado garante prevenção contra acidentes.

Criar um sistema de armazenagem por nome ou tipo de produto, implementar boa sinalização, identificar os produtos corretamente e realizar inventários periódicos são algumas das práticas que garantem um estoque sempre organizado.

2. Faça o controle automatizado das movimentações

Controlar saída e entrada de matéria prima e produtos, bem como a necessidade de reposição e expedição de novos pedidos é essencial. Por isso implementar um sistema automatizado com auxílio de tecnologias como IA (Inteligência Artificial) e IoT (Internet das Coisas) pode aumentar muito a eficiência da sua operação logística.

3. Padronize processos

Uma boa prática para sua operação logística é realizar a padronização dos processos internos do setor logístico. Começando com um mapeamento de tudo que é feito dentro da empresa, é possível identificar e solucionar problemas, encontrar gargalos produtivos, realizar melhorias e controlar o desenvolvimento das atividades.

4. Trace metas

O objetivo de qualquer empresa é crescer e a melhor maneira de atingir esse desejo é implementando metas. Em uma operação logística não é diferente. Estabelecer objetivos de desempenho, desde metas diárias até mensais, cria um norte de crescimento interno do setor que se refletirá para toda a empresa.

5. Acompanhe os indicadores de resultados

Uma vez que as metas de desempenho foram estabelecidas, é hora de fazer o acompanhamento delas através dos indicadores de resultados. Os KPIs são ótimas ferramentas para entender como está funcionando a operação logística.

Recolher os dados gerados pela operação permite desvendar a performance de cada etapa do processo. Percentuais de entregas e coletas realizadas no prazo, tempo de ciclo perdido, índice de devoluções e avarias no transporte e custo de armazenagem são alguns indicadores que ajudam o empresário a analisar e otimizar seu setor logístico.

6. Escolha fornecedores de confiança

Para que todos os processos ocorram como esperado é preciso contar com parcerias sólidas e confiáveis em todas as partes da cadeia de suprimento (Supply Chain). Por isso é fundamental buscar fornecedores que garantam qualidade e confiabilidade no serviço para sua operação logística.

Nesse sentido, a Capital Realty oferece a mais alta qualidade em infraestrutura logística. Com 20 anos de expertise no mercado, a Capital Realty oferece tudo que uma operação de alto nível necessita: condomínios logísticos com segurança, bem localizados e com a infraestrutura personalizada para quaisquer que sejam as necessidades da empresa.

Realizar a implementação dessas boas práticas na sua operação logística otimiza os processos e eleva o nível dos serviços da sua empresa. Entenda mais sobre o setor logístico e tudo que a Capital Realty pode fazer por você e sua empresa no nosso blog.