Contato Comercial+ 55 41 2169-6868
Blog

O que significa procurement na operação logística?

12 de julho de 2022

O que significa procurement na operação logística?

Atingir a eficiência na gestão logística representa bem o que significa procurement aplicado nos processos de uma operação. É uma etapa importante para as rotinas de um setor de compras e indústria, pois integra várias demandas de uma cadeia de suprimentos, desde a escolha de bons fornecedores até o processo de pós-venda. Para entender melhor sobre procurement continue a leitura.

Planeje estratégias de procurement na logística da sua operação

Qual o significado de Procurement? 

O termo inglês procurement em tradução livre pode significar adquirir ou licitar. Então, o método procurement inserido em um condomínio logístico ou organização de vendas representa a contratação de fornecedores e serviços terceirizados, para atender a demandas específicas da operação.

Qual a função do procurement?

A função do processo de procurement dentro da operação vai depender do produto comercializado, matérias-primas utilizadas, equipamentos, etc. O procurement será aplicado de acordo com o serviço oferecido e necessidade de mão-de-obra adicional e especializada de empresas terceirizadas.

Adotar procurement como parte da operação em alguns casos é necessário e, em outros, é até mais econômico. Isso porque contratar empresas terceirizadas para fornecer bens e serviços que vão otimizar a sua gestão logística proporciona mais praticidade, ganho de tempo, eficiência e a garantia de que o serviço estará sendo executado por uma equipe de especialistas na área contratada.

Estratégias de procurement na logística e gestão de compras

Ter estratégias bem alinhadas é a chave para bons resultados dentro da operação logística, e assim deve ser também com os processos de procurement. Antes de contratar um serviço terceirizado para qualquer negócio, é fundamental definir as estratégias da operação e em que momento as funções de procurement vão fazer mais sentido e otimizar a cadeia de suprimentos. Confira quais são as atividades mais requisitadas nos métodos de procurement:

1 - Inspeção das necessidades internas

Com o crescimento exponencial das compras online, ter um bom controle sobre cada etapa do setor de compras tornou-se uma tarefa primordial. A vantagem de contar com métodos de procurement nessas funções consiste em garantir maior precisão do estoque, eficiência do fluxo e otimização dos trabalhos. 

Seja por meio de softwares de procurement especializados ou insumos necessários para fluir a rotina da operação, a aplicação de procurement nos setores de compras e logística é uma estratégia inteligente para conquistar a satisfação do cliente final.

2 - Pesquisa de mercado

O ideal é que toda estratégia logística esteja bem alinhada com os momentos do mercado. Novamente, aqui, o procurement pode ser aplicado para entender melhor os fatores externos e as potenciais tendências que serão úteis para sua operação. Nesse caso, empresas terceirizadas em analisar metodologias de mercado podem fazer toda a diferença e identificar boas oportunidades de otimização para o setor logístico de diferentes áreas.

3 - Verificação das transações

O procurement pode também ser aplicado para controlar as transações do setor logístico de uma empresa. É possível terceirizar a etapa responsável pelo registro de compras, por exemplo, de forma que a empresa contratada ficará responsável apenas por verificar as informações relevantes para a organização e o controle dos suprimentos.

Além disso, dependendo do procurement contratado, é possível analisar ainda o pós-venda, garantindo que a entrega foi feita dentro da expectativa do cliente e em perfeito estado. É uma forma de manter e/ou realinhar, se necessário, o controle de qualidade, prazos e formatos de entrega.

4 - Consultoria jurídica

Essa é outra alternativa para contratar procurement na operação logística. Empresas especializadas no suporte jurídico podem facilitar os processos de negociação, contratos e gestão de toda a parte burocrática da cadeia de suprimentos. Garantindo, assim, além da padronização dos processos subsidiados por especialistas, um melhor alinhamento da operação como um todo, otimização de tempo e redução de custos,

Vantagens de implementar sistemas de procurement

Como vimos ao longo do conteúdo, o grande objetivo da aplicação de procurement na operação é tornar os processos mais eficientes para a empresa logística. Entre as principais vantagens estão:

1 - Economia de tempo

Ter sistemas de controle na operação para acompanhar todos os ciclos de produção aumenta a organização das etapas e, consequentemente, a agilidade das entregas. Garantia de mais eficiência em um espaço menor de tempo.

2 - Diminuição de custos

Com a produção automatizada por meio de procurement, será possível prever as demandas de estoque e avaliar a necessidade de repor insumos, com tempo suficiente para encontrar boas negociações no mercado, reduzindo os custos.

3 - Qualidade

Com a operação organizada e cumprindo os prazos previstos, a qualidade dos serviços oferecidos aumenta, proporcionando a satisfação do cliente final e até a possibilidade de novas futuras negociações, derivadas de recomendações pelo serviço prestado com qualidade.

Otimize sua operação com estratégias de procurement

Se esse é o momento de contratar procurement na operação da sua empresa, conte com o auxílio de parceiras com experiência no mercado de condomínios logísticos e que podem te ajudar nas melhores estratégias. A Capital Realty possui alta capacidade técnica de desenvolvimento e gestão de propriedades. Conheça as nossas soluções para a sua empresa.

 

Leia também: Galpão logístico para alugar: 5 vantagens para o seu negócio

LEIA MAIS